CAEMA encontra plantio de maconha e armas na zona rural do Prado



   

Na tarde e noite da última sexta-feira, 08 de setembro, policiais da CIPE/MA (CAEMA) que realizavam rondas ostensivas na região de Corumbau e Guarani, distritos do Prado, foram atender a uma denúncia anônima, que dizia que uma propriedade rural era usada como base para caçadores e que ali acontecia o crime de caça. Os militares acabaram encontrando um laboratório de preparo de maconha. Os policiais da CAEMA chegaram na Fazenda Boa Esperança, onde logo foram recebidos por uma senhora de nome Alicidete, que ao ser questionada sobre crimes que ocorriam no local, de imediato entregou aos policiais 01 espingarda tipo socadeira. A mesma autorizou que os militares entrassem e durante buscas, a surpresa, os militares encontraram diversos recipientes contendo “maconha” em diversos estágios de preparo para venda.

Durante a apreensão das drogas e continuidade das buscas, um indivíduo identificado como Fernando dos Santos Oliveira, de 26 anos de idade, chegou e foi detido. Questionado pelos policiais, ele disse que as drogas eram dele, e mostrou aos militares onde era o plantio das drogas. O plantio foi encontrado e as plantas de maconha foram arrancadas e as buscas continuaram, sendo encontrado 01 bolsa contendo munições calibre 22 e 36 usadas em espingardas. Ao ser questionado sobre as armas, Fernando disse que as munições eram dele e indicou o local onde estariam as armas, que foram apreendidas.

No local, também foi encontrada uma motocicleta Honda/CG Titan, de cor preta, sem placa e com o chassi adulterado. Diante do flagrante e confirmação de crimes, Fernando recebeu voz de prisão e foi conduzido à sede do Plantão Regional em Itamaraju, onde o caso foi registrado e apresentado à delegada Rosângela Santos. Foram apresentados na delegacia de Polícia Civil, 21 pés de maconha, 12 recipientes com maconha, 13 cartuchos calibre 36, 03 cartuchos calibre 32 e 01 recipiente contendo sementes de maconha.

A delegada recebeu o caso e ouviu os militares que participaram da ação e logo após ouviu Fernando. Com base nas provas apresentadas e nos depoimentos colhidos a Dra. Rosângela flagranteou Fernando por posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e adulteração de veículo e cultivo de drogas. Com a apreensão do material e prisão de Fernando, a Polícia acredita ter atingido um dos responsáveis pela conhecida “maconha orgânica”, que pela sua produção em menor escala, acaba tendo um preço maior, já que segundo usuários já presos em outras ações, o produto é de maior qualidade. Os pés de maconha apreendidos, bem como a droga nos recipientes, as armas e munições serão encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica, e após laudos de constatações deverão ser incinerados.

Por: Liberdade News