Maioria dos sindicatos aceita proposta de acordo e greve dos Correios acaba



   

A maioria dos sindicatos de trabalhadores dos Correios decidiu nesta sexta-feira (6) aceitar a proposta de acordo apresentada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) e encerrar a greve iniciada no dia 20 de setembro.

Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), dos 31 sindicatos filiados, 24 já realizaram assembleias e votaram por aceitar a proposta e encerrar a paralisação.

O secretário-geral da Fentect, José Rivaldo da Silva, afirmou ao G1 que os trabalhadores dos Correios voltarão ao trabalho em todo o país na segunda-feira (9).

A assinatura do Acordo Coletivo de Trabalho 2017/2018 pela empresa e federações representantes dos trabalhadores está prevista para terça-feira (10).

Os Correios informaram que neste fim de semana será realizado mais um mutirão com a expectativa é de entregar aproximadamente 5 milhões de cartas e encomendas atrasadas.

Veja os principais termos da proposta de acordo coletivo foi apresentada pelo ministro do TST Emmanoel Pereira.

  • reajuste de 2,07% (INPC) nos salários e benefícios retroativo ao mês de agosto deste ano
  • compensação de 64 horas e desconto dos demais dias de ausência
  • manutenção de cláusulas sociais no acordo