Mulher morre com disparo acidental ao prestar socorro a motociclista



   

mulher morre com tiro dando socorroUma mulher morreu com um tiro acidental no peito, na frente do Hospital Municial de Dário Meira, sul do estado, na madrugada desta segunda-feira (12). De acordo com a polícia, Luciene Almeida Pereira, de 29 anos, prestava socorro ao motociclista Valter Jesus de Oliveira, de 44 anos, que tinha sofrido um acidente, após sair de um evento no distrito de Planalto Íris, quando foi atingida pelo disparo.

Segundo a polícia, ao entrar no hospital, a arma que estava com Valter caiu da cintura dele e disparou. O tiro atingiu Luciene que morreu no local. O homem recebeu atendimento médico, e após deixar o hospital foi levado para a Delegacia de Itagibá, onde segue preso. A polícia informou que ele vai responder por porte ilegal de arma e homicídio culposo, quando não há intenção de matar.