PM de Itamaraju prende dupla armada que jurou matar rivais



   

No início da madrugada desta quinta-feira, 08 de fevereiro, policias militares 43ª CIPM de Itamaraju, apresentaram na sede da 8ª COORPIN em Teixeira de Freitas, Herbert Oliveira de Almeida, 20 anos de idade, que reside na Rua Amazonas, no Bairro de Fátima e Silas Ramos de Oliveira, 23 anos de idade, morador da Rua Maranhão, também no Bairro de Fátima em Itamaraju.

Os militares receberam uma denúncia, informando que os indivíduos estariam armados, e saíram em diligências a fim de confirmar a denúncia. Após buscas pelo Centro de Itamaraju, os militares encontraram a dupla na Avenida Getúlio Vargas. Durante abordagem e revista pessoal, os militares encontraram na cintura de Silas, 01 revólver sem marca aparente, calibre 32 cano longo, com o número de série suprimido (raspado), municiado com 06 cartuchos, sendo 05 intactos e 01 picotado.

Além da arma, os militares encontraram com a dupla, celulares, cartão de banco e 01 porção de maconha. A dupla foi presa e conduzida até Teixeira de Freitas, onde foi apresentada à delegada plantonista, Andressa Carvalho. Ao chegarem na Delegacia Territorial, a dupla protagonizou um verdadeiro show, realizando ameaças a rivais em Itamaraju, falando que ao saírem da Delegacia, iriam comprar uma arma de fogo mais “potente”, uma pistola, e fariam uma limpa na cidade.

Herbert, o mais alterado, jurava vingança contra um desafeto a todo o tempo. A dupla dando risada ainda pediu bom tratamento na cadeia, dizendo que tinham direitos e que antes de saírem queriam dormir e comer. A delegada recebeu o caso, ouviu os militares e, ainda na madrugada desta quinta-feira, ouviu os acusados na presença do advogado de defesa da dupla.

Com base nos depoimentos colhidos e nas provas apresentadas, a delegada flagranteou Silas por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Já Herbert foi ouvido como testemunha da ação policial e logo após foi liberado. Silas foi conduzido para a carceragem da Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas, onde segue preso à disposição da Justiça.

Por: LiberdadeNews