‘Ele não merece perdão’, diz segurança agredida por marido de delegada



   

edvania1A segurança Edvânia Nayara Ferreira Rezende, de 23 anos, agredida quando tentava conter a violência de um homem contra a esposa, neste sábado (17), em Três Corações, em Minas Gerais, falou sobre o caso que ela vai demorar para esquecer. Ela estava de serviço em clube quando o suspeito, identificado como o comerciante Luiz Felipe Neder Silva, a agrediu com um soco e um chute. “Ele não merece perdão”, disse ao G1.

“Quando ele veio para cima de mim, eu fiquei com medo. Tanto que eu encostei no carro e foi por isso que ele conseguiu me acertar. Eu não tinha para onde fugir. Mas quando eu caí no chão, eu queria voar nele. Eu só não parti para cima dele porque não deixaram”, relembra. “Não importa se ele estava bêbado. Não tem como justificar o que ele fez”, afirma.

As imagens da agressão foram divulgadas nas redes sociais e chamaram a atenção do internautas. Após cair no chão com a força do soco, a segurança tem o cabelo puxado e recebe um chute no rosto. O agressor foi detido pela polícia.

“O carro dele passou por mim”, relembra Edvânia, que estava em uma área próxima à piscina do clube. Nisso, ele parou mais à frente. Eu não sei se ela pulou do carro, mas ele desceu atrás dela e começou a puxá-la pelo cabelo para que ela entrasse no carro. Aí eu saí atrás e disse que iria chamar a polícia. Foi então que ela jogou a chave do carro para mim. Eu me livrei da chave e ele veio me dizer que estava com vergonha dela, que queria levá-la para casa, mas, como eu neguei entregar a chave, ele me bateu”, lembra.